4 de janeiro de 2022

Inflamação crônica nas pálpebras piora no verão

Inflamação crônica nas pálpebras piora no verão

A blefarite atinge de 9 a 21% da população e é mais prevalente em pessoas acima dos 50 anos

Você já ouviu falar de blefarite?

O nome pode parecer estranho, mas vem do grego “blepharon” e significa pálpebra. Portanto, algumas doenças que afetam a região palpebral podem ter o termo na “blefaro” em sua composição.

Segundo Tatiana Nahas, oftalmologista, especialista em cirurgia de pálpebras e Chefe do Serviço de Plástica Ocular da Santa Casa de São Paulo, a blefarite é uma inflamação crônica que afeta as margens das pálpebras.

“Não tem cura, mas pode ser tratada e controlada. Os principais sintomas são inchaço, coceira e acúmulo de secreção, que acaba grudando as pálpebras inferiores nas superiores. A blefarite costuma se agravar nos dias mais quentes, pois o calor aumenta a produção de substâncias oleosas pelas glândulas sebáceas”, explica Tatiana.

Processo inflamatório crônico

A blefarite é causada por uma inflamação crônica que altera a secreção das glândulas de Meibômio. Essas glândulas produzem uma espécie de substância gordurosa, que ajuda na lubrificação dos olhos. “Essa alteração na produção e na secreção desta substância lipídica leva aos sintomas da blefarite. Os mais comuns são edema palpebral, coceira, vermelhidão, ardência e sensibilidade à luz. Com o tempo, o paciente pode perder os cílios e desenvolver crostas nas bordas das pálpebras, que dificultam o movimento de abrir e fechar os olhos”, ressalta a especialista.

Dermatite seborreica agrava quadro no verão

“Em muitos casos, a blefarite está associada a outras doenças, como a dermatite seborreica. O calor aumenta a produção de substâncias oleosas, o que pode piorar os quadros de blefarite associados à esta condição”, comenta a oftalmologista. Pessoas com rosácea, alergias, calázio, olho seco, ceratite, conjuntivite, entrópio e ectrópio têm um risco aumentado de desenvolver a blefarite.

Como prevenir a piora da blefarite nos dias mais quentes

De acordo com Tatiana, a principal medida para prevenir o agravamento dos sintomas da blefarite no verão é redobrar a atenção com a higiene das pálpebras. “Para quem tem o diagnóstico da blefarite, a limpeza palpebral deve se tornar um hábito tão comum quanto escovar os dentes. Isso quer dizer é preciso limpar todos os dias e, em alguns casos, mais de uma vez por dia”, reforça a médica.
Além de intensificar a higiene das pálpebras, quem tem blefarite deve escolher protetores solares faciais ou aqueles específicos para a região palpebral, assim como usar óculos de sol, bonés ou chapéus para proteger a área dos raios solares.

Higiene das Pálpebras em 3 passos

1 – Aquecimento das pálpebras: Como as secreções ficam endurecidas, é preciso aquecer para desgrudar e não machucar a pele. O ideal é fazer uma compressa com água morna e deixar de 3 a 5 minutos em cada olho.

2 – Massagem: Depois, é preciso fazer uma massagem sútil de fora para dentro para eliminar a secreção acumulada.

3 – Limpeza das pálpebras e dos cílios: O médico pode indicar um produto específico para essa etapa, ou você pode usar shampoo neutro infantil diluído em água. Com a ponta dos dedos, limpe as pálpebras e os cílios. Massageie suavemente

– –
Fonte: Universo Visual – www.universovisual.com.br

 

Você também pode gostar
Saiba o que é catarata: sintomas, tratamentos e causas
+
Saiba o que é catarata: sintomas, tratamentos e causas

Imagens turvas e embaçadas, presença constante de uma espécie de névoa diante dos olhos… Estas são queixas comuns dos pacientes que têm catarata. Apesar ...

30 de março de 2022
Alterações visuais relacionadas aos hormônios da gravidez
+
Alterações visuais relacionadas aos hormônios da gravidez

Durante nove meses, período da gestação, a grávida passa por mudanças emocionais, psicológicas e físicas. Muito mais do que uma barriga que não para de ...

30 de junho de 2022
O que é Pterígio? Saiba como prevenir e tratar
+
O que é Pterígio? Saiba como prevenir e tratar

O PTERÍGIO é uma carnosidade na superfície ocular que avança sobre a córnea, geralmente do lado nasal. Trata-se de uma resposta do olho a um processo de ...

24 de fevereiro de 2022
siga @centrocampineiro no Instagram